Valença e Cairu: MDR visa encerrar lixões dos 2 municípios

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Nesta sexta (10), Valença, no Baixo Sul da Bahia, recebeu a presença do Secretário Nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Pedro Maranhão. A visita teve como objetivo debater alternativas para os fechamentos dos lixões nos munícipios.

Em Valença, o secretário se reuniu com o prefeito Jairo Baptista (PP) e toda equipe que auxilia no desenvolvimento da cidade.  O prefeito ressalta a importância da ação para o munícipio. “Esta data marca uma tratativa histórica para Valença. Trabalharemos incansavelmente para de uma vez por todas acabar com este grande problema que afeta nosso município há anos: o lixão.”, declarou. O presidente de Consórcio Intermunicipal do Mosaico das APA do Baixo Sul, Leonardo Barbosa, também esteve presente na reunião.

Prefeito Jairo Baptista e equipe com o Secretário do MDR Foto/Reprodução: Redes sociais

O secretário da MDR também se reuniu com o prefeito de Cairu, no Baixo Sul da Bahia, Hildécio Meireles (DEM) neste sábado (11), para conhecer o lixão que fica localizado no Morro de São Paulo e reforçar que o MDR também dará apoio ao encerramento do local. Em uma publicação, a prefeitura ressalta a visita “Na pauta, estava a articulação da regionalização dos serviços para gestão dos resíduos sólidos. Nossa busca por soluções que revertam o quadro atual dos lixões não cessa. Haveremos de vencer este grande desafio”, finaliza a post.

Administração do Morro de São Paulo com o Secretário do MDR Pedro Maranhão Foto/ Reprodução: Redes sociais

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Regional, existem inúmeras justificativas para o   encerramento dos lixões e uma delas é o risco que à saúde “Os lixões podem trazer riscos à saúde pela proliferação de vetores transmissores de várias doenças, atrair animais em busca de alimentos, desvalorizar a região e as propriedades do entorno. Há também risco de deslizamentos, principalmente em época de chuvas”, disse o MDR.

Ultimas notícias