Valença: A Câmara Municipal de Vereadores realizou mais uma Sessão Ordinária

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Na tarde dessa terça (29), aconteceu mais uma Sessão Ordinária na Câmara Municipal de Vereadores de Valença, no Baixo Sul da Bahia.

Iniciaram, citando os projetos de Lei que seriam votados ao fim da Sessão. Logo após, citaram que a casa está sempre fazendo as mesmas indicações por falta de atendimento.

Algumas das indicações foram: concertar as máquinas da zona rural, celeridade nas pontes da zona rural, melhoramento no transporte da saúde, melhoramento na segurança da Feira Livre, iluminação de LED na cidade, construções de postos policiais em Cajaíba e, solicitaram, que disponibilizem horários para a carga e descarga, que ocorre no Centro da cidade.  

O vereador Helton pediu o destravamento das creches por falta de equipamentos e eletrodomésticos. “Creche tem que funcionar o dia todo, esperando a hora que os pais possam ir buscar “, disse. Solicitou que o sistema de carga e descarga seja realocado para o Muta no bairro da Bolívia, ainda pediu que o telhado da capela, do cemitério, seja urgentemente avaliado.

“O cemitério está totalmente acabado, com muro caindo, quebrando alguns objetos e pertences dos moradores”, disse Bertolino Júnior pedindo nova manutenção no local, “estamos sempre falando a mesma coisa e não vemos resolução”, frisou ele.

O presidente da Câmara, Fabrício Lemos, afirma que levou o Secretário de Infraestrutura para averiguar a necessidade de fazer o escoamento das águas acumuladas, de forma cautelosa, no lixão do Orobó.

“O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) aumentou as taxas e tarifas em 11,31%, é o que a população irá pagar a partir de abril”, disse o vereador.

Segundo Clóvis Júnior, o Governo do Estado liberou recursos para a reconstrução do “Mercado do Peixe” – como é popularmente conhecido, com ínico previsto

Finalizaram a Sessão demonstrando indignação com a falta de atendimento e resolução dos pedidos feitos.

Ultimas notícias