SP: Cão morre após ser agredido a pauladas por tutores; os agressores foram presos em flagrante

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

O cachorro que foi resgatado após ser agredido a pauladas em Ribeirão Preto (SP) não resistiu aos ferimentos e morreu nesta segunda (20). A informação foi confirmada pela veterinária responsável pela internação dele.

Tutores do cão, Vander Soares da Silva, de 39 anos, e Karina Galdino da Silva de 45, que o haviam adotado em 2018, foram presos em flagrante por suspeita de serem os autores das agressões.

Eles respondem inicialmente por abuso contra animais. Até a última atualização desta notícia, não conseguimos contato da defesa dos suspeitos.

O animal, que se chamava John, estava internado em estado grave em uma clínica veterinária localizada na Avenida Antônio Diederichsen, na zona Sul da cidade, desde a noite de domingo (19).

Segundo informações do boletim de ocorrência, vizinhos dos tutores chamaram a Polícia Militar enquanto o animal era agredido. Ele já estava desacordado e apresentava um sangramento no nariz quando os agentes chegaram à residência.

Os vizinhos também afirmaram à polícia que as agressões contra o cachorro eram frequentes.

O casal foi transferido na manhã da segunda (20) para a Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo e deve passar por audiência de custódia.

Ultimas notícias