Protesto ameaça jogadores e diretor em frente ao CT do Bahia

Compartilhar

Em meio à decisão para se manter na Série A do Campeonato Brasileiro, o Bahia segue sofrendo com pesados protestos por parte da torcida. Em fotos que circulam nas redes sociais nesta terça-feira (5), os muros do CT Evaristo de Macedo foram novamente pichados, dessa vez com fotos e jogadores e do diretor de futebol do Bahia colados em sacos plásticos na cor preta, que simulam cadáveres. 

Foram retirados do protesto sacos pretos que assemelham corpos de cadáveres.

Os zagueiros Vitor Hugo e Kanu, o lateral-direito Cicinho, os atacantes Ademir e Everaldo e Carlos Santoro foram as fotos utilizadas nos plásticos. A equipe vem sofrendo com as manifestações desde a derrota para o América-MG no último domingo.

Com 41 pontos, o Tricolor enfrenta o Atlético-MG nesta quarta-feira (6), às 21h30, na Arena Fonte Nova. O time comandado por Rogério Ceni precisa vencer e torcer por tropeços de Santos ou Vasco, que enfrentam Fortaleza e Red Bull Bragantino como mandantes. Se o Esquadrão empatar, é necessário que o Vasco perca o seu jogo.

FONTE: Bahia Notícias

Ultimas notícias