Search
Close this search box.

Mundo: 3 mil pessoas morreram por falta de tratamento na Ucrânia

Compartilhar

Hans Kluge, chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), afirmou em evento realizado nesta terça-feira (10), na Europa, que cerca de 3 mil pessoas na Ucrânia morreram devido à falta de acesso para tratamento de doenças crônicas.

Até o momento, foram registrados cerca de 200 ataques a instalações de saúde na Ucrânia, afirma Klage. Cerca de 40% das famílias possuem ao menos um membro que necessitam de tratamento crônicos e não conseguem, os casos são de doenças como HIV e câncer, ‘’resultando em uma estimativa de ao menos 3 mil mortes prematuras evitáveis ‘’. Uma vez que, poucos hospitais estão funcionando no país.

A declaração foi dada durante a reunião que contava a participação de 53 representantes de estados membros da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Rússia x Ucrânia: em tratamento contra o câncer, crianças ucranianas são  transferidas do país | Mundo | O Liberal
Ultimas notícias