Menino atingido por “guerra de espadas” teve boca e língua reconstruídas

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

O menino de 11 anos que precisou ser internado após ser atingido no rosto por uma espada de fogo no município de Cruz das Almas, no Recôncavo Baiano, precisou ter a boca e a língua reconstruídas. Ele ainda irá passar por uma terceira cirurgia, desta vez no maxilar, e segue sem previsão de alta. As informações foram repassadas pelo pai da criança ao site Acorda Cidade. 

Identificado como Alex Ribeiro Costa, o garoto foi encaminhado para o Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, onde está internado desde a noite do ocorrido, no dia 13 de junho. Após ser atingido pela espada de fogo, tradicional em Cruz das Almas, mas proibida, ele perdeu 11 dentes. 

A Secretaria Municipal de Saúde de Cruz das Almas informou que a criança foi socorrida para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade logo depois do ocorrido, mas precisou ser transferida para o Hospital Estadual da Criança, em Feira de Santana para ter um tratamento adequado. 

Cruz das Almas é conhecida por ter tradição na guerra das espadas. A prática, no entanto, é proibida por conta dos comuns casos de acidentes e queimaduras causadas pelos fogos de artifícios. 

Fonte: A tarde

Ultimas notícias