Gestão de Cairu não compactua com cobrança de tarifas para moradores locais

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

A Prefeitura de Cairu foi notificada judicialmente pela Vara da Fazenda Pública da Comada de Valença, suspendendo a intervenção do Decreto Municipal 1067/2022, feito contra a concessionária Dáttoli por prestação de mal serviço nos terminais hidroviários e cobrança de tarifa para moradores locais.

Segundo a nota oficial, está sendo investigado por meios jurídicos e administrativos, se a conduta e a prestação de serviços da concessionária, estão sendo de acordo com o contrato de concessão.

A Gestão busca o bom tratamento aos usuários, assim como a prestação de bom serviço e manter a isenção da Tarifa de Utilização de Terminais (TETU), pois não compactua com a cobrança de tarifas para os moradores de Morro de São Paulo e Gamboa, principalmente trabalhadores.

É afirmado que os direitos dos cidadãos não serão esquecidos “não serão toleradas violações às prerrogativas do povo de Cairu e trabalharemos junto ao Poder Judiciário para garantir a soberania da decisão administrativa da intervenção, bem como salvaguardar o interesse público, que exige prestação de serviço público com qualidade, eficiência e humanizado”, disse por meio oficial.

Ultimas notícias