Foi presa nesta segunda a viúva do empresário Leandro Troesch, morto em Jaguaripe

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Shirley da Silva Figueredo viúva do empresário Leandro Troesch, foi presa na manhã dessa segunda-feira (9), na zona rural de Iaçu que fica a cerca de 280km de Salvador. Segundo a Polícia Civil ela foi transferida para Salvador nessa manhã.

A viúva foi presa por mandado de prisão, por descumprir as medidas de prisão domiciliar, ela já foi condenada a nove anos de detenção, por ter a participação de um crime de extorsão mediante sequestro junto com Leandro seu marido, em 2001.

O Empresário foi encontrado morto no dia 25 de fevereiro, em um dos quartos de luxo da Pousada Paraíso Perdido, que fica em Jaguaripe, no baixo sul da Bahia.

Segundo a Polícia Civil, Shirley foi apresentada na sede do Departamento de Polícia do Interior no Centro de Salvador. Em seguida, ela foi levada para o Instituto Médico Legal (IML). Após os exames de corpo de delito, Shirley foi encaminhada para a Delegacia de Repressão a  Crimes Contra a Criança e  Adolescente, onde está à disposição da Justiça.                     

Ainda segundo a polícia, ela também participará da reconstituição do crime que ocorrerá na pousada.

Ultimas notícias