Search
Close this search box.

Em São Paulo, adolescentes são suspeitos de dopar e estuprar colegas da escola

Compartilhar

Em São Paulo, nesta quinta (2), foi registrado uma ocorrência onde oito adolescentes são suspeitos de dopar e estuprar três colegas de uma escola situada na Zona Leste da capital. O crime foi gravado pelos garotos e compartilhado com os amigos, eles utilizavam o material como um meio de chantagem com as vítimas.

Segundo a polícia, todos os adolescentes estudam na mesma escola e os abusos aconteciam na casa de um deles, que estivesse vazia.

A mãe de uma das vítimas, ao reconhecer a filha em um dos vídeos procurou uma delegacia para realizar uma denúncia.

Segundo informações, uma das vítimas ainda contou a mãe que tentou impedir os abusos, mas “o menino dizia que ia fazer com carinho” e, após negar, outros dois adolescentes entraram no quarto. “Um deles chegou a falar que, se ela contasse para alguém, ia falar para mim (a mãe dela), que ela estava cabulando e iam difamá-la para a escola inteira”, disse.

 Todos os adolescentes que participaram do crime têm 12 e 15 anos.

Ultimas notícias