Cairu: Arthur Wense quer aplicar impostos com emplacamento de veículos em Morro de São Paulo; Vídeo

Compartilhar

“O quadriciclo já pode ser emplacado. Cairu vai ganhar uma verbinha a mais”, declarou vereador Arthur Wense (PMN) durante sessão da Câmara dos Vereadores.

Tendo seu nome marcado em diversas polêmicas na cidade das ilhas, Arthur não parece estar satisfeito em parar por aí. Durante sessão ordinária, o vereador proclamou que Cairu ganharia “verbinha a mais” caso declarasse obrigatoriedade de emplacamento de automóveis do Morro de São Paulo, até mesmo os quadriciclos estariam inclusos.

Não é a primeira vez que o camarista aparenta ir contra seu slogan “Uso minha voz para representar o povo” presente em suas redes sociais. Pois, os acontecimentos recentes, dão a entender, que ele quer o contrário.

“Não tenho problema nenhum em emplacar meu quadriciclo, quem tiver problema, que lute”, proferiu. Essa atitude levanta questionamentos sobre o compromisso do parlamentar com os residentes de Cairu, uma vez que a exigência de emplacamento sugerida resultaria em um aumento de impostos para a população local. A falta de consideração pelos problemas enfrentados pelos habitantes, conforme proclamado por Arthur, é evidente.

A proposta, se implementada, implicaria num custo para os cairuenses: mais um imposto tributário. A problemática se agrava ainda mais, quando se analisa o fato de que a ilha de Morro de São Paulo não é tida como um espaço para trânsito de veículos, visto que os automóveis que estão na ilha, são apenas para o transporte rápido de passageiros, não havendo uma quilometragem vasta para o trânsito como ocorre nas grandes cidades. O imposto por sua vez, implicaria nas pessoas de baixa renda.

Segundo o site Brasil Escola, por meio de uma estimativa da carga tributária direta e indireta, foi demonstrado que o sistema tributário é regressivo sobre a população, tendo um impacto maior nas famílias de menor renda e menor naquelas de renda mais alta.

Ultimas notícias