Anvisa suspende comercialização dos produtos Kinder no Brasil

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

A Anvisa publicou nessa quinta (14) uma resolução que proíbe a comercialização, distribuição, importação e uso dos produtos da marca Kinder, que são alvo de alerta e recolhimento internacionais. A medida vale para os lotes fabricados pela empresa Ferrero na Bélgica. Na quinta a  Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar (Infosan) já tinha enviado um alerta à Anvisa sobre o surto de Salmonella Typhimurium em chocolates da marca. 

Na semana passada, a Agência de Saúde da União Europeia informou que iria investigar a possível ligação entre um surto de salmonella em crianças em países do bloco e a ingestão do chocolate Kinder Surprise, que é chamado de Kinder Ovo no Brasil.

“Embora o Brasil não esteja entre os países de destino dos produtos que causaram o surto na União Europeia, conforme noticiado pela Anvisa, a Agência considerou prudente publicar a medida preventiva com o objetivo de informar à sociedade e de evitar que o produto seja consumido ou trazido de fora do país por pessoas físicas ou importadoras” disse a Anvisa no documento.

Veja o que diz a empresa responsável pela Kinder no Brasil

Por meio de nota enviada à Agência Brasil, a Ferrero no Brasil atualizou o posicionamento depois da publicação da resolução da Anvisa. No documento, a empresa diz que os produtos relacionados ao contágio por salmonella não são comercializados em solo brasileiro. Confira na íntegra: 

A marca Kinder esclarece que proibição da Anvisa não afeta produtos vendidos no Brasil.

Companhia reforça que os produtos que estão em recall em outros países não são importados e distribuídos pela mesma no Brasil.

Ultimas notícias