Mateus Aleluia: Receberá título de Doutor Honoris Causa pela UFRB

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

O cantor e compositor Mateus Aleluia, conhecido pela participação no grupo original Os Tincoãs, receberá o título de Doutor Honoris Causa, concedido pelo Conselho Universitário da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), em sessão solene marcada para o dia 11 de maio, em Cruz das Almas. O evento será transmitido pela TV UFRB.

O pesquisador da ancestralidade baiana musical pan-africana, aos 74 anos, é a quinta personalidade a receber a honraria, concedida a pessoas que tenham contribuído para o país ou para a humanidade com uma atuação “em prol das ciências, das artes, da filosofia, das letras, das culturas, do desenvolvimento e entendimento dos povos”.

A proposta de homenagem partiu do Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologia Aplicada da UFRB e destacou como mérito a trajetória pessoal e profissional pela sua contribuição aos estudos e divulgação da cultura pan-africana na Bahia, no Brasil e, também, em países africanos e no mundo. A cerimônia acontece às 14h, no Auditório da Biblioteca.

Mateus Aleluia retorna em álbum que une guitarra à ancestralidade - Jornal  Correio
Reprodução: Jornal Correio

Mateus Aleluia

Nascido em Cachoeira, Senhor Mateus, como é conhecido localmente, nasceu às margens do Paraguaçu no ano de 1943. O cantor, compositor e pesquisador da ancestralidade baiana musical pan-africana do Brasil foi protagonista no grupo Tincoãs, primeiro grupo vocal a expressar a herança cultural (musical e linguística) dos povos africanos. O Tincoãs foi destaque nacional entre os anos de 1960 e 1980.

Mateus Aleluia viveu duas décadas em Angola, a partir de 1983, onde foi contratado pela Secretaria de Cultura para realização de pesquisa antropológica e cultural, junto a mestres e mestras da cultura dos povos africanos, compilando diversos saberes. Retornando ao Brasil, Sr. Mateus lançou os álbuns “Cinco Sentidos”, “Fogueira Doce” e “Olorum”, que, junto com a obra dos Tincoãs, consubstanciam o legado pan-africano do Brasil.

Confira o Parecer da Concessão de título Doutor Honoris Causa ao Senhor Mateus Aleluia.

Ultimas notícias