Search
Close this search box.

Sete cidades da Região Norte somam mais de 2 mil dias sem homicídios

Compartilhar
O primeiro município a liderar o ranking é o de Macururé, com 770 dias sem morte violenta.

As cidades de Macururé, Várzea do Poço, Abaré, Pedro Alexandre, Chorrochó, Umburanas e Mirangaba juntas somam 2.236 dias sem homicídios computados. Os resultados fazem parte das ações desenvolvidas pelas unidades subordinadas ao Comando de Policiamento da Região Norte (CPRN) e pelas 16ª, 18ª e 19ª Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins).

Para o coronel Valter Araújo, comandante do CPR-N, o trabalho é intenso nas zonas urbana e rural. “Temos a Operação Distrito, a Ronda Rural entre outras estratégias contra o tráfico de drogas. Outro ponto é a união que temos com a Polícia Civil, além de gestores municipais”, destacou.

No ranking dos municípios, Macururé lidera com 770 dias sem mortes violentas, seguido de Pedro Alexandre (514), Abaré (413), Várzea do Poço (212), Umburanas (139), Chorrochó (121) e Mirangaba (109). Até o último sábado (27), a cidade de Nordestina tinha 363 sem homicídios.

A Polícia Militar cumpre as missões preventivas e ostensivas por meio das 24ª e 91ª Companhias Independentes da Polícias da Militar (CIPM), pelos 6º e 20º Batalhões da Polícias Militar (BPMs), além do apoio das Rondas Especiais (Rondesp) Norte, além do apoio das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Caatinga e Semiárido.

O coordenador da 16ª Coorpin/Jacobina, Antônio Eduardo Santos Brito, que cobre cinco dessas cidades, informou que a Polícia Civil segue na realização do trabalho conjunto, planejando operações nas localidades, além do cumprimento de mandados contra traficantes e homicidas.

Além dessas cidades, Ourolândia também não computou homicídios este ano.

Ultimas notícias
810033418147421486