Segundou pra quem estudou: Influenciadoras foram presas após serem encontradas com um kg de cocaína

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Na noite de segunda (11), dois homens foram mortos durante troca de tiros com a polícia nas imediações da Pousada Paraiso Perdido, em Jaguaripe. Segundo guarnições do 14º BPM, foram informados por populares sobre a presença de dois indivíduos armados na praia dos Garcez.

Quando perceberam que a guarnição estava se aproximando os suspeitos efetuaram disparos e no confronto, ambos foram alvejados. De acordo com a polícia, Agnaldo Leite da Silva Neto, 29 anos, e Felipe Augusto Machado Lima, 28, foram levados ao hospital Gonçalves Martins, no município de Nazaré, mas não resistiram aos ferimentos.

Na companhia das influenciadoras digitais, Adrian Grace e Laylla, que tentaram fugir do local numa pick-up, os policiais encontraram aproximadamente um quilo de cocaína. As duas foram levadas para a 1ª Delegacia Territorial, em Santo Antônio de Jesus.

Laylla (influenciadora da esquerda) e Adrian Grace (influenciadora da direita)

A pousada pertencia ao empresário Leandro Troesch, encontrado morto no dia 25 de fevereiro, deste ano, com um tiro na cabeça. No ano de 2021 Leandro e Shirley da Silva Figueiredo foram presos por um crime cometido em 2001. A dupla foi sentenciada pelos crimes de roubo e extorsão mediante sequestro contra uma mulher, em Salvador. Shirley continua foragida suspeita de ter participado da morte do marido.

Ultimas notícias