Padrasto omite acidente e entrega enteada desacordada à mãe; menina morreu

Compartilhar

Menina de 2 anos morreu 12 dias após acidente

Um homem, identificado como Gian Gabriel Fraga, se envolveu em um acidente de carro, que culminou na morte de uma criança de 2 anos, em Bertioga, litoral de São Paulo. O suspeito havia levado a enteada para passear, quando se envolveu em um acidente. Após o ocorrido, ele levou a criança desacordada para a casa da mãe e informou que a criança ”estava apenas dormindo”. O homem não tinha CNH.

Após perceber a situação, a mãe da menina levou-a para o Hospital Santo amaro, em Guarujá, no entanto, infelizmente, morreu no último sábado (09), 12 dias após o acidente.

O suspeito saiu do hospital após ter se desentendido e brigado com a mãe da vítima, as autoridades não o encontraram. Dias antes do acidente, Gian Gabriel Fraga foi preso em flagrante por tráfico de drogas.

Ele foi encontrado embaixo de uma coma, local onde se escondeu após ver os policiais durante um patrulhamento no bairro Jardim Paulista. Ao ser abordado, Fraga entregou uma sacola plástica com 39 pedras de crack e seis tabletes de maconha.

 

Ultimas notícias