“O mau atendimento fará com que lojas de nossa Valença baixem as portas”, declara publicitário

Compartilhar

Fontes para a declaração adveio de pesquisa qualitativa

Se tem uma coisa que tem irritado os valencianos que buscam adquirir serviços e produtos é o atendimento. A tese foi comprovada por uma pesquisa realizada pela Agência Abrange, pioneira na coleta de dados para desenvolvimento de estratégias.

O publicitário Wellingthon Anunpciação, CEO da empresa coletora de dados, após apuração declarou que “o mau atendimento fará com que lojas de nossa Valença baixem portas, a razão do caos será o mau e péssimo atendimento”, declarou.

Anunpciação ainda publicizou que os dados justificaram o motivo da alta de cadastro em sites de vendas virtuais. “O grande incômodo não é o valor, o problema é o atendimento, a forma que o cliente é tratado. Apenas 12% declararam não comprar em virtude do preço, mas a queixa maior foi o atendimento, são mais de 70%, vejo o caos instalado”, revelou.

Na apuração também foi possível detectar as lojas do Centro da cidade quais possuem os piores, medianos e melhores vendedores. “A cidade é pequena, todos se conhecem. O vendedor que fisga o cliente na amizade tem ele pelo resto da vida”, citou Wellingthon, que pensa em publicizar os dados mais aprofundados nos próximos dias.

Estratégia
Questionado como solucionar a problemática, o publicitário trata o problema como uma questão de falta de investimento. Segundo ele os empresários não investem em capacitação de funcionários. “Possuímos hoje estratégias para reversão destes quadros, contudo ainda existem donos, sócios e gerentes que enxergam o funcionário como uma máquina, sequer ouvem críticas e analisam a necessidade daquele que é a base frontal de sua empresa”, pontuou.

Ultimas notícias