Search
Close this search box.

Municípios do Baixo Sul são contemplados em programa estadual de melhorias de estradas vicinais

Compartilhar

Consulta pública para obras em estradas vicinais será realizada em 52 municípios baianos, através do Programa Pro-Rodovias, programa de investimento do Governo do Estado, em parceria com o Banco Mundial

As estradas vicinais são importantes vias que atendem a população rural de uma região, facilitando o acesso até áreas urbanas para serviços como saúde e educação, e no escoamento da produção local. Para promover ações de melhoria nestes trechos baianos, o Governo do Estado, através da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), está realizando consulta pública em 52 municípios pertencentes aos consórcios das regiões do Sertão do São Francisco, do Baixo Sul e da Chapada Diamantina. Os encontros têm o apoio das prefeituras e contam com a presença de moradores, que contribuem para definir as vias que passarão por serviços.

Entre as obras a serem feitas estão a construção de pontes de concreto, bueiros, passagens molhadas e melhoria de greide. As ações fazem parte do Programa de Manutenção Proativa e de Resiliência das Rodovias do Estado da Bahia (Pro-Rodovias), que é um programa de investimento do Governo do Estado, em parceria com o Banco Mundial, e que será lançado este ano. O investimento estimado, nesta etapa, é de 20 milhões de dólares, sendo 5 milhões de dólares priorizados para estradas vicinais em municípios com atividades econômicas que estimulam o empreendedorismo feminino.

“Nós fizemos consultas públicas piloto nos municípios de Ruy Barbosa, Lajedinho, Nova Redenção e Andaraí. Essas consultas nos permitiram, em conjunto com a equipe do Banco Mundial, aprimorar o processo consultivo. Estamos organizando a programação nas outras 48 cidades. Após esta fase, a equipe técnica analisará os trechos priorizados pela população durante os encontros. Em seguida, iniciaremos os estudos a fim de licitarmos a obra”, destaca o secretário de Infraestrutura, Sérgio Brito.

Confira, abaixo, a relação dos 52 municípios incluídos no programa.

Consórcio do Sertão do São Francisco: Campo Alegre de Lourdes; Canudos; Casa Nova; Curaçá; Juazeiro; Pilão Arcado; Remanso; Sento Sé; Sobradinho e Uauá.

Consórcio do Baixo Sul: Aratuípe; Cairú; Camamu; Gandu; Ibirapitanga; Igrapiúna; Ituberá; Nilo Peçanha; Piraí do Norte; Presidente Tancredo Neves; Taperoá; Teolândia; Valença e Wenceslau Guimarães.

Consórcio da Chapada Diamantina: Abaíra; Andaraí; Barra da Estiva; Boa Vista do Tupim; Boninal; Bonito; Iaçu; Ibicoara; Ibiquera; Ibitiara; Iramaia; Iraquara; Itaberaba; Itaetê; Lajedinho; Lençóis; Macajuba; Marcionílio Souza; Mucugê; Nova Redenção; Palmeiras; Piatã; Piritiba; Ruy Barbosa; Seabra; Souto Soares; Utinga e Wagner.

FONTE: Jornal Valença Agora

Ultimas notícias