Mulher é presa em operação da Polícia Federal após receber 96 auxílios emergenciais

Compartilhar

Na manhã desta quinta (12), uma mulher foi alvo de uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF), por suspeita de fraude no recebimento do auxílio emergencial. Ela teria embolsado pelo menos 96 benefícios e recebia os valores por meios de boletos bancários, informou a PF.

O mandado de busca e apreensão foi realizado na residência da mesma, na cidade de Córrego Fundo, na região do Centro-Oeste de Minas Gerais.

O programa que foi criado para garantir a renda mínima de pessoas em situação de vulnerabilidade durante a pandemia de COVID-19, vem sendo alvo de investigações, por estar sendo descoberto casos de pessoas que receberam o valor, sem a devida necessidade.

“Mesmo tendo sido analisados somente os valores referentes ao primeiro semestre de 2020, foi possível apurar um grande prejuízo causado aos cofres públicos”, disse a corporação em nota divulgada. Os dados referentes ao segundo semestre de 2020 e aos anos de 2021 e 2022 ainda serão apurados.

A operação que aconteceu na quinta (12), faz parte das ações de Combate ao Crime de Fraude. A PL usa as informações da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial, que possui dados de irregularidades que estão ligados aos pagamentos fraudulentos do auxílio emergencial, as informações são analisadas e confirmadas pela Caixa Econômica.

Ultimas notícias