Search
Close this search box.

Idosa morre após ter partes íntimas queimadas e sofre maus-tratos do próprio filho

Compartilhar

Nesta terça (31), um homem de 57 anos foi preso em Aripuanã, Mato Grosso, acusado de maltratar e ter causado a morte da própria mãe, uma idosa de 92 anos.

Segundo informações, a mulher faleceu em maio (21), de forma suspeita, ela deu entrada no hospital em situação muito crítica e precisou ser internada por alguns dias. A idosa apresentava queimaduras graves da parte da cintura até as coxas, toda a região íntima estava em “carne viva”, segundo relato.

Segundo a Polícia Civil, a idosa precisava de auxílio para se locomover, tinha Alzheimer e necessitava de cuidados especiais.

Conforme a investigação, ela permanecia trancada no apartamento entre 7h e 18h, período em que o filho estava no trabalho. Além disso, o suspeito deixava os alimentos e a água para a mãe no chão, fazendo com que ela precisasse rastejar para se alimentar. 

Ultimas notícias