Idosa morre após ter partes íntimas queimadas e sofre maus-tratos do próprio filho

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Nesta terça (31), um homem de 57 anos foi preso em Aripuanã, Mato Grosso, acusado de maltratar e ter causado a morte da própria mãe, uma idosa de 92 anos.

Segundo informações, a mulher faleceu em maio (21), de forma suspeita, ela deu entrada no hospital em situação muito crítica e precisou ser internada por alguns dias. A idosa apresentava queimaduras graves da parte da cintura até as coxas, toda a região íntima estava em “carne viva”, segundo relato.

Segundo a Polícia Civil, a idosa precisava de auxílio para se locomover, tinha Alzheimer e necessitava de cuidados especiais.

Conforme a investigação, ela permanecia trancada no apartamento entre 7h e 18h, período em que o filho estava no trabalho. Além disso, o suspeito deixava os alimentos e a água para a mãe no chão, fazendo com que ela precisasse rastejar para se alimentar. 

Ultimas notícias