Search
Close this search box.

Enrolado em lençol branco, homem invade prédio em bairro nobre de Salvador 

Compartilhar

‘Ladrão fantasma’ agiu no bairro da Graça. Síndico disse que funcionário do edifício deixou portão aberto

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que um homem, coberto por um lençol branco, invadiu um prédio na Graça, bairro nobre de Salvador, e furtou uma bicicleta na madrugada de segunda-feira (29). O suspeito ainda não foi identificado.

No registro, é possível ver que o homem entra em um edifício na Avenida Euclydes da Cunha, uma das mais conhecidas do bairro, e entra pela garagem. Em seguida, ele pula uma mureta, pega uma bicicleta e sai do prédio sem ser visto por volta das 2h.

Um morador notou a ausência do item e solicitou as imagens da câmera de segurança do prédio. Ao analisar, a equipe de administração viu a ação do “ladrão fantasma”.

Em entrevista à TV Bahia, Paulo Pessoa, síndico do edifício onde o caso aconteceu, falou sobre a sensação de insegurança na Graça. Ele disse que os casos de roubos e furtos têm sido comuns e que as ações da polícia não têm sido suficientes.

“Furtos são diários aqui. Essa semana levaram o portão de alumínio do sanitário de uma lanchonete aqui atrás (…) A gente vive uma situação caótica na Graça. A 11° CIPM tem feito um trabalho reforçado de blitz, mas não é o suficiente. Nós temos um grupo de síndicos da Graça, então todo assalto ou furto que tem, nos comunicamos”, relatou Paulo Pessoa.

Paulo afirmou não saber exatamente o que aconteceu para o portão ter ficado aberto, mas suspeita que houve alguma falha de algum funcionário do prédio.

“Houve o vacilo de um de nossos funcionários ao abrir o portão, e acho que não fechou o portão. Esse ‘fantasma’ entrou, teve tempo, esperou com calma, levou a bicicleta e saiu aqui andando como se nada estivesse acontecendo”, afirmou o síndico.

Em nota, a Polícia Militar informou que os agentes realizam patrulhamento na Graça em viaturas e bases móveis, com rondas e abordagem de longa duração e apoio de equipes especializadas e da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT) Rondesp Atlântico.

Além disso, disse ainda que o bairro conta com o suporte de equipes dos Batalhões de Policiamento Turístico (BPTUR) e do Pronto Emprego Operacional (BPEO).

O comunicado ressalta que qualquer situação que fuja à normalidade deve ser informada através dos telefones 190 ou 181 (disque-denúncia), para que a PM encaminhe equipes ao local, assim como registrar a situação na delegacia que atende a região.

FONTE: G1 Bahia

Ultimas notícias