Search
Close this search box.

DT de LEM prende segundo envolvido na morte de Lorena Fox

Compartilhar

Equipes da Delegacia Territorial de Luís Eduardo Magalhães cumpriram, na última quarta (19), mandado de prisão temporária contra um homem de 27 anos, suspeito de matar a mulher trans Lorena Fox, encontrada morta no dia 1º de março, seis dias após seu desaparecimento. Outro envolvido no assassinato já havia sido capturado, no último dia 15.

O suspeito preso nessa quinta confessou que, após se desentender com a vítima por causa dos valores cobrados em um programa, agrediu-a, junto com um comparsa, até a morte, usando diferentes instrumentos. Por fim, ainda atearam fogo no corpo de Lorena.

“Com a prisão dele, nós concluímos as investigações policiais a respeito do crime, que chocou a sociedade luiseduardense e principalmente a comunidade LGBTQIAPN+, que desde o início das investigações vinha cobrando junto ao Ministério Público e Entidades Não Governamentais uma atuação incisiva da Polícia Civil no tocante à identificação dos autores”, declarou o titular da DT de Luís Eduardo Magalhães, delegado Joaquim Rodrigues de Oliveira.

O homem já passou por exames de lesões corporais e está custodiado em uma unidade policial, aguardando transferência para o sistema prisional.

Fonte: SSP-BA

Ultimas notícias
810033418147421486