Dentista é preso em consultório com material pornográfico infantil e zoofilia

Compartilhar
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Um dentista de 52 anos foi preso nesta terça (31) em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com imagens de pornografia e zoofilia no computador. Ao ser preso, ele alegou que agiu por “curiosidade para saber como funciona” e, assim, orientar os filhos.

Ele foi autuado em flagrante por disseminação de material de abuso sexual infantil e levado para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

O dentista foi preso no consultório no centro da cidade. Os policiais que o abordaram pediram as mídias que ele tinha no computador, mas ele tentou apagar as páginas que estavam abertas e desconectou o HD externo.

Quando ligou o computador, o monitor de um programa de downloads constatou vários vídeos com conteúdo de abuso infantil. Também foram localizados fotos e vídeos com pornografia e zoofilia.

O dentista alegou que não sabia que o programa usado para baixar as imagens automaticamente compartilhava os arquivos também. Ele alegou que buscou esse conteúdo por curiosidade para saber como eram e poder proteger seus filhos.

Ele alega que depois de ver os vídeos, deletava os arquivos e diz também que nunca cometeu abusos. 

Foram apreendidos com ele 4 CPUs, 2 HDs e um celular. A ação concluiu o Maio Laranja, mês de combate à exploração sexual de crianças e adolescentes. 

Fonte: Correio24h

Ultimas notícias