Datena é condenado a indenizar homem que usou arma em briga de trânsito

Compartilhar

Datena reclamou sobre a condenação pelo palavreado que usou ao anunciar um homicídio

Nessa segunda (25), Datena desabafou no Brasil Urgente sobre uma condenação judicial que recebeu após um processo. Ao noticiar um homicídio, em 2021, o apresentador se referiu ao atirador como “canalha”. Ele foi processado e perdeu.

No noticiário, Datena se mostrou indignado com a decisão da Justiça. “Ele estava com a mulher e o filho do lado, o sujeito foi executado com um tiro no pescoço na frente da mulher e eu que sou culpado por ter usado um palavreado muito pesado”, criticou.

”Não é possível que o linguajar que eu tenho, eu chamei o sujeito de canalha. O que é o cara que atira no pescoço [do outro] com a esposa do rapaz com o bebê no colo correndo o risco dos três serem atingidos?”, questionou o famoso, visivelmente irritado.

Segundo o próprio, ele e a Band terão que pagar uma multa de R$ 10 mil. “Acho que decisão judicial você tem que cumprir, mas eu não sou obrigado a concordar com isso”, apontou.

Processo pode não ter chegado ao fim
Ainda no Brasil Urgente, Datena pediu que a emissora tente reverter a decisão judicial. “Espero que a Band já tenha recorrido, senão eu mesmo vou arrumar advogado e recorrer. Acho isso um absurdo”, detonou.

“O cara pega o revólver e atira no pescoço do cara na frente da mulher e do bebê e eu que tenho que pagar por isso? Já cansei de ficar pagando por essas decisões e calar a minha boca, isso não tem cabimento”, finalizou.

Fonte: TV Foco

Ultimas notícias