Search
Close this search box.

Ameba “comedora de cérebro” é encontrada em lago e deixa visitante em estado vegetativo

Compartilhar

Sintomas são fatais e departamento de saúde pública dos EUA faz alerta

Um homem foi diagnosticado com um caso raro de Naegleria fowleri, mais conhecida como ameba “comedora de cérebro”, nos Estados Unidos. O paciente foi nadar na praia do Lake of Three Fires States Park, no condado de Taylor, e contraiu a infecção, ficando em estado grave.

De acordo com o Departamento de Saúde Pública de Iowa, a praia foi fechada temporariamente para banhistas até que as investigações sejam concluídas. “O fechamento é uma resposta preventiva a uma infecção confirmada de Naegleria fowleri em um residente do Missouri com exposição potencial recente enquanto nadava no local”, informou através de um comunicado. 

A ameba é chamada de meningoencefalite amebiana primária (MAP). A doença é extremamente rara e apenas 154 casos foram confirmados nos EUA desde 1962. A “comedora de cérebro” é encontrada em água doce e morna, como lagos, rios e fontes termais, além de piscinas sem cloro ou sem conservação.

Os principais sintomas são fortes dores de cabeça, náuseas, febre, vômitos e, ao evoluir o quadro clínico, a pessoa pode começar a sentir convulsões, alucinações e coma. A doença progride rapidamente e pode causar a morte do paciente entre um e 18 dias após os primeiros sintomas. 

Fonte: Correio 24 Horas

Ultimas notícias