Notícias

Ex-funcionárias de mulher investigada por agressão e cárcere privado contra babá que pulou de prédio prestam depoimento

Ao menos quatro ex-funcionárias de Melina Esteves França, investigada por agredir e manter e cárcere privado a babá Raiana Ribeiro da Silva, vão prestar depoimento à polícia nesta sexta-feira (27), em Salvador. Elas também relatam ser vítimas dos mesmos crimes.

Os casos vieram à tona depois que Raiana, para escapar de Melina, pulou do terceiro andar do prédio da ex-patroa, que fica no bairro do Imbuí. O advogado de Raiana também vai representar as outras quatro ex-funcionárias.

Além dos relatos de agressão, algumas das mulheres também dizem que não receberam os salários. Melina poderá responder por cárcere privado e trabalho análogo à escravidão, já que manteve as trabalhadoras em condições mínimas e direitos trabalhistas não foram cumpridos.

O caso é investigado pela 9ª delegacia da Boca do Rio. Melina prestou depoimento por seis horas na quinta-feira (26), mas não chegou a ser detida. Ao chegar no prédio onde mora, depois de ter saído da delegacia, ela foi vaiada pelos vizinhos.

Fonte: G1.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo