Covid-19

Adolescentes quebram vacinas contra COVID-19 em postos de imunização

Na tarde desta quinta-feira (26), dois adolescentes de 16 e 17 anos quebraram várias doses de vacinas contra COVID-19 em Planaltina, no Distrito Federal. Testemunhas contaram que os jovens queriam se vacinar contra a doença, o que não foi possível, pois a maior parte dos planos de vacinação contemplam apenas maiores de 18 anos.

A dupla chutou caixas e jogou vacinas e insumos no chão, prejudicando pessoas que foram se vacinar no local, no Centro Olímpico de Planaltina. “Dois adolescentes ficaram irritados após pegarem fila para vacinação, e quando chegou a vez deles, não estava na idade. Causaram tumulto no posto, vindo a quebrar diversos frascos de vacina contra COVID-19. Um menor foi apreendido e conduzido à DCA”, diz nota da Polícia Militar do Distrito Federal.

A biomédica responsável pela vacinação no local, Lucilene Soares, contou que eles entraram pelo portão de saída, derrubaram mesas e então os frascos. “Em cada frasco da Pfizer são seis doses. Também derrubaram do Butantan, que têm 10 doses cada. Ainda espalharam seringas pelo chão”, contou a profissional.

Gustavo Rocha, secretário-chefe da Casa Civil do Distrito Federal, revelou em coletiva de imprensa que um dos menores entrou no posto de vacinação armado e que o acontecido virou caso de polícia. O vandalismo resultou na quebra de 24 doses da Pfizer, 10 doses da Coronavac, seringas e insumos, e quatro frascos foram perdidos. A imunização continuará normalmente nesta sexta-feira (27).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo