Política

João Doria afasta PM que convocou população para manifestação pró-Bolsonaro

O regulamento interno da PM proíbe que os oficiais da corporação participem ou promovam atos de cunho político-partidário.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afastou do comando da Polícia Militar, em caráter preliminar, o coronel Aleksander Lacerda. O oficial liderava o Comando de Policiamento do Interior (CPI) 7, em Sorocaba (SP).

Fonte: Reprodução

O militar foi punido após realizar nas redes sociais uma convocação para as manifestações pró-Bolsonaro no dia 7 de setembro em Brasília e São Paulo. O governo paulista ainda avaliar a aplicação de outras medidas.

Lacerda também tem utilizado as redes sociais para criticar membros do Executivo e Legislativo. Recentemente, o oficial chamou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) de covarde e afirmou que Doria é uma “cepa indiana’, além de criticar a nomeação de Rodrigo Maia como novo secretário de São Paulo.

O regulamento interno da PM proíbe que os oficiais da corporação participem ou promovam atos de cunho político-partidário.

Fonte: Bahia. Ba

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo