Política

Polícia Civil conclui que Joice sofreu ‘queda’ e descarta agressão


A PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal) concluiu hoje que a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) sofreu uma “queda da própria altura” e que não houve agressão no episódio do suposto atentado sofrido por ela dentro de casa Joice afirmou em julho que foi atacada por uma pessoa que teria invadido seu apartamento em Brasília há duas semanas.

Fonte: Reprodução

“No caso, não se evidenciou quaisquer elementos que apontassem para a prática de violência doméstica ou atentado/agressão por parte de terceiros”

Diz a Polícia civil

O procedimento foi encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público e corre em segredo de justiça. A assessoria de comunicação de Joice disse que a deputada confia no trabalho da polícia, mas se mostrou descontente com o laudo final, indicando que a queda seria a “hipótese inicialmente considerada menos provável pelos médicos” diante do número de traumas constatados por tomografias.

Em nota ao UOL, a defesa técnica da deputada afirmou ter tomado conhecimento da conclusão policial e indicou que o episódio serviu para discutir a segurança nas residências oficiais.

“A defesa reitera a confiança no trabalho técnico da Polícia sendo certo que a Deputada sempre se colocou à disposição para contribuir para o descobrimento da verdade. Ressalta que, de qualquer maneira, o episódio serviu para discutir a segurança nas residências oficiais. A defesa elogia o profissionalismo tanto da polícia legislativa quanto da Polícia Civil”

Apontou o escritório Antônio Carlos de Almeida Castro – Kakay Almeida Castro, Castro e Turbay Advogados Associados

Fonte: Uol

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo