NotíciasRecente Notícias

Valença: Pontos aleatórios colocam a credibilidade de mototaxistas em risco

O transporte alternativo individual, mais conhecido como mototáxi, é evidente pelas ruas da cidade Valença, no Baixo Sul da Bahia, que em meio a pandemia e crise econômica a qual o Brasil está passando e trabalhar com este tipo de modalidade de transporte não é nada fácil, seja pela concorrência que é muitas vezes desleal ou pelas condições que estão escancaradas no dia a dia.

Rua Drº Rocha Leal
Fonte: Livre Notícias / Nágila Kelly

Atualmente, quem se apresenta a sociedade de forma irregular, acaba trazendo um olhar discriminatório aos verdadeiros servidores. Dessa forma, sem a devida fiscalização, acaba dando abertura para que qualquer pessoa que vista a camisa de identificação, se intitule mototaxista sem ser, colocando o nome da profissão em descrédito na sociedade, causando desconfiança diante dos usuários.

A falta de medidas regulamentares de pontos fixos no centro, aponta o malabarismo em se ajustar ao local onde ficam estacionados para se proteger das intempéries, a falta de organização nesse setor faz com que tenham que disputar espaço entre taxistas e ambulantes de maneira improvisada, se submetendo a circunstâncias impróprias.

 Rua Manuel da Luz
Fonte: Livre Notícias / Nágila Kelly

Portanto, as reclamações por parte dos autônomos nessa profissão são as mais diversas, seja a falta de demarcação de pontos específicos, seja pela desordem por parte do próprio sindicato, que muitos não sabem definir se ainda existe, visto que com a ausência de uma liderança que possa dialogar com o governo municipal onde se possa levar as reclamações de pessoas que se dizem ‘empatas’ usam da visibilidade da causa como palanque político. Dessa forma, os mototaxistas tendem a sofrer com o descaso e escassez de articulações dos próprios órgãos responsáveis.

Rua Governador Gonçalves/ Um exemplo a ser seguido
Fonte: Livre Notícias / Nágila Kelly

Nágila Kelly

Nágila é estagiária de Livre e formanda em Comunicação Social.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo