Abuso Sexual

Pastor investigado por abusar de mulheres da igreja dizia ser “intérprete de Deus”

Um pastor de uma igreja evangélica de Goiânia está sendo acusado por três mulheres, uma delas de 16 anos, de cometer violência sexual. Esney Martins da Costa, da igreja Renascendo para Cristo, é um dos líderes religiosos mais conhecidos da capital goiana. As informações foram publicadas pelo Fantástico, da TV Globo, neste domingo (1º).

Fonte: Reprodução

O pastor se apresentava aos fiéis como um intérprete da vontade de Deus. De acordo com relatos de suas vítimas, era dessa forma que ele conseguia molestá-las.

Relatos

Em um dos casos, uma mulher afirma que ao contar ao pastor que foi abusada na infância, ele sugeriu que a vítima passasse mais uma vez pelo trauma para esquecer as lembranças do crime.   

“Você vai ter que passar pela ferida para ser curada. E aí eu fiquei: ‘meu Deus, eu vou ter que ser molestada de novo para ser curada de um trauma que eu tive na infância?’ Então isso não me deixava dormir”

Relembra ao Fanstático.

“Ele falava que era para o meu crescimento espiritual, que era para eu crescer na vida. Ele às vezes confunde até a mente da gente em acreditar que o que ele faz vem de Deus”

Completa a vítima

Fonte: Bocão News

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo