Polícia

Coveiro usava cemitério como ponto de venda de drogas e armas

Caso ocorreu no distrito de Buenos Aires, interior de Pernambuco. Suspeito de 39 anos foi preso pela Polícia Civil

Um coveiro de 39 anos foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco dentro do cemitério. Isso porque ele usava o local de trabalho para traficar drogas e vender armas de fogo, segundo o G1.

Fonte: Reprodução

O caso ocorreu em Lagoa do Outeiro, um distrito do município de Buenos Aires, na Zona da Mata de Pernambuco. A prisão foi nesse sábado (31/7), mas as investigações são desde dezembro de 2020.

Não é a primeira vez que o coveiro tem problemas com as autoridades. Fábio José da Silva já era investigado como suspeito de três homicídios.

Fábio foi levado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), na cidade de Abreu e Lima, Região Metropolitana de Recife.

Fonte: G1

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo