Recente Notícias

1ª professora transexual da UFRB Fran Demétrio, morre em Salvador

A causa da morte não foi divulgada. Ela tratava sequelas da Covid-19.

Morreu na tarde de quarta-feira (28), em Salvador, a pós-doutora Fran Demétrio, professora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Ela tratava sequelas da Covid-19, mas a causa da morte não foi divulgada pela família. Fran Demétrio foi a primeira mulher transexual a ensinar na instituição.

Fonte: Reprodução

Pós-doutora em Filosofia pela Universidade de Brasília, com doutorado em Saúde Coletiva pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Fran coordenava o Laboratório Humano de Estudos, Pesquisa e Extensão Transdisciplinares em Integralidade e Interseccionalidade do Cuidado em Saúde e Nutrição, Gêneros e Sexualidades da UFRB.

Fran se destacou no Núcleo de Gênero, Diversidade Sexual e Educação da Pró-Reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis e no Programa de Educação pelo Trabalho Bacharelado Interdisciplinar em Saúde. Ela também lecionava no Mestrado Profissional em Saúde da Família da Fiocruz.

Fran também era integrante da Associação Brasileira de Profissionais pela Saúde Integral de pessoas Trans, Travestis e Intersexo (ABRASITTI) e do Coletivo de Trans Pra Frente, na capital baiana.

O Conselho Regional de Psicologia da Bahia destacou, em nota, a atuação de Fran “pelos direitos da população trans e na ampliação do debate sobre raça, gênero e sexualidades, a fim de despatologizar os discursos, especialmente no campo da saúde”.

O Instituto de Saúde Coletiva e o Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades da Ufba também lamentaram a morte.

Fonte: G1 Bahia

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo