Educação

Estado irá reforçar alimentação escolar até final de 2021

Após anunciar o início das atividades semipresenciais na rede estadual de ensino para o dia 26 de julho, o governador Rui Costa emendou que o Estado irá reforçar a alimentação escolar pelo menos até o final deste ano. O calendário letivo seguirá até o dia 29 de dezembro. 

Fonte: Reprodução

Segundo o governador, a decisão é mais uma forma de garantir qualidade de vida aos estudantes e suas famílias. A divulgação foi feita durante o programa Papo Correria, nesta terça-feira (13).

Durante o programa, Rui garantiu que as mensalidades do programa Bolsa-presença, que beneficia as famílias com R$ 150, continuarão sendo pagas, no entanto, a partir da mudança do modelo, os alunos contemplados necessitarão frequentar as atividades presenciais. 

Já o vale-alimentação estudantil, cujo benefício de R$55 contempla a totalidade dos estudantes da rede estadual, terá a possibilidade de manutenção avaliada pelas instâncias governamentais.

Fonte: Bahia Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo