Saúde

Vacina contra gripe pode reduzir sintomas graves da covid, aponta estudo

Embora relacionada com a redução de sintomas graves da doença, a vacina contra a gripe não reduziu o número de mortes por covid-19

Pessoas vacinadas contra a gripe podem estar parcialmente protegidas contra alguns sintomas graves do novo coronavírus. É o que sugere estudo de pesquisadores da Universidade de Miami com 75 mil pacientes com covid-19. Os pesquisadores compararam os dados de 37.377 pessoas que receberam vacina contra a gripe, com os de outras 37.377 infectados com SARS-CoV-2 que não foram vacinados contra a gripe.

Fonte: Reprodução

A análise do estudo mostrou que entre aqueles que receberam a vacina contra a gripe houve redução significativa de sintomas como acidente vascular cerebral, trombose venosa profunda e infecções generalizadas, além de menor probabilidade de internação em UTI.

Os resultados do estudo foram apresentados em uma reunião online da Sociedade Europeia de Microbiologia Clínica e Doenças Infecciosas. Segundo a pesquisa, pacientes com covid-19 que não foram vacinados contra a gripe apresentaram risco até 58% maior de terem um derrame e até 45% maior de sofrer infecções graves. Eles também eram mais propensos a serem internados em uma UTI.

Embora relacionada com a redução de sintomas graves da doença, a vacina contra a gripe não reduziu o número de mortes por covid-19. “É muito importante enfatizar que recomendamos absolutamente a vacina contra covid-19 e de forma alguma sugerimos que a vacina contra a gripe seja um substituto”, disse Devinder Singh, autor do estudo e professor de cirurgia clínica da Universidade de Miami.

Outras pesquisas realizadas durante a pandemia também apontaram que a vacinação contra gripe pode causar alguma proteção contra o novo coronavírus. Os Especialistas acreditam que a vacina da gripe contribui para uma melhora na defesa contra o SARS-CoV-2 devido a um processo chamado de “imunidade treinada”, que é ativado no organismo após a aplicação do imunizante.

Fonte: Bahia. Ba

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo