Economia

Bolsonaro edita decreto para prorrogar auxílio emergencial por mais três meses

Parcelas atuais do benefício terminam em julho

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou hoje um decreto que prorroga por mais três meses o pagamento do auxílio emergencial 2021, que varia de R$ 150 (para quem mora sozinho) a R$ 375 (mães chefes de família). Inicialmente, seriam apenas quatro parcelas, que começaram a ser pagas em abril.

Fonte: Reprodução

As novas parcelas do auxílio serão pagas em agosto, setembro e outubro. Para custear os gastos da prorrogação, também foi editada uma MP (Medida Provisória) que libera crédito extraordinário para o Ministério da Cidadania.

A renovação do auxílio já havia sido anunciada por Bolsonaro em outras ocasiões. Na semana passada, durante sua, live semanal, o presidente indicou que o benefício prorrogado “por mais dois, três meses”.

Fonte: UOL

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo