PolíticaSaúde

PF e MPF abrem procedimentos para investigar compra da Covaxin por governo Bolsonaro

A compra da Covaxin pelo governo Bolsonaro será alvo de investigação pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (PMF). O alerta sobre o contrato surgiu após denúncia de um funcionário do Ministério da Saúde, que revelou ter sofrido pressão atípica para viabilizar o contrato. 

Fonte: Reprodução

O MPF instaurou um procedimento investigatório criminal, conhecido internamente pela sigla PIC para investigar o contrato assinado com a Precisa Medicamentos, empresa intermediadora da Bharat Biotech.

O procedimento foi aberto pela Procuradoria da República no Distrito Federal na tarde desta quarta-feira (30). O procurador Paulo José Rocha Júnior já determinou as primeiras diligências a serem feitas para o início das investigações. 

Também nesta quarta-feira, a Polícia Federal instaurou inquérito para investigar a compra da Covaxin pelo governo Jair Bolsonaro, conforme antecipou a coluna Painel. O caso será conduzido pelo Sinq (Serviço de Inquéritos) da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado da PF.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo