Entretenimento

Banho de São João

Bem Cultural do Brasil e reconhecido pelo Iphan, festas populares e suas diferentes formas de manifestação.

O Brasil e sua grande pluralidade, se mostra cada vez mais resistente ao mundo contemporâneo onde festas tradicionais acabam sendo “gourmetizadas”, com grande influência da cultura indígena e africana ganhando características próprias de cada região do Brasil, sobretudo, o São João, mais uma vez deixa os admiradores órfãos de toda sua magia e entretenimento.

Fonte: Reprodução

Em tempos “pandêmicos” fica cada vez mais difícil realizar celebrações, principalmente na região Norte e Nordeste onde nos aproximamos da época de festejos juninos que o sentido das festas é celebrar santos católicos que tem como papel vital da fé e da crença da população.

Mas ao falar do Brasil toda novidade parece pouca:

Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural, reconheceu, por unanimidade, o Banho de São João de Corumbá e Ladário, no Mato Grosso do Sul, como Patrimônio Cultural do Brasil. Com o reconhecimento, a festividade passa a ser segurada pelo Iphan.

Na passagem do dia 23 para 24 de junho, a população se dirige às margens do Rio Paraguai para realizar, assistir e participar do ritual do banho.

Em Corumbá, o banho acontece no Porto Geral e, em Ladário, no Porto Ladário. Mas, em função da pandemia da Covid-19, o Banho de São João vem sendo realizado desde o ano passado apenas em âmbito doméstico.

Fonte: Brasil 61

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo