Pimenta com veneno

Lorena: Entre a cruz e a espada, ela não poderá fugir!

A secretária de Educação de Valença, no Baixo Sul, Lorena Mercês (Republicanos), deverá nos próximos meses se ver definitivamente entre a cruz e a espada. Isso porque terá que cortar uma das cabeças quais existe na “hydra”, qual optou para a sua vida: a política.

A ex-vereadora, é membra fervorosa do partido Republicanos, que tem Tia Eron, Márcio Marinho, João Roma (atual Ministro da Cidadania) – na Câmara Federal e Jurailton Santos e José de Arimatéia na Assembléia da Bahia, deputados estes que apoiaram, boa parte, sua pré-candidatura no ano anterior, antes de toda história de rompimento dentro do “cavalo de tróia” criado pelo deputado Raimundo Costa (PL).

Lorena Mercês.
Foto: Redes Sociais

Bem, indo ao que interessa: Jairo Baptista tem dois candidatos oficiais, trata-se de Marcos Medrado (PP) e Cláudio Cajado (PP), que serão defendidos por toda equipe, que, segundo Jairo esta conectadíssima com ambas as bandeiras, e seguirão os nomes que estão ajudando o município, com emendas e aquisições de benefícios do gabinete do petista Rui Costa. Lorena vai precisar dentro deste quadro ter coragem para umas das duas opções: sair do partido, como já fizeram o secretário Executivo, Cláudio Queiroz e o Procurador Jurídico, Fleuber Ramos, para acompanhar a “onda” e pousar politicamente no ninho pepista, ainda que sem filiação, ou deixar o cargo por amor a sigla e atuar no campo na linha contrária ao sistema.

Esta “hydra”, para Lorena, não terá a chance de obter mais cabeças, ficará com oportunidade única de manter-se viva. Porém como tudo tem chance, explicação e diretriz, aguarde-mos! Ela é inteligente, pode me surpreender. Hasta la vista!

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo