Pimenta com veneno

Cristiano: Um atrapalhador do sistema

Estourado, realista, doador da própria face pra apanhar e chocante, assim tenho visto o vereador Cristiano Barbosa – o do Taxi (Solidariedade) em seu comportamento na Câmara Municipal de Valença, no Baixo Sul da Bahia.

Durante as transmissões é perceptível ver que alguns edis bailam o jogo sistêmico da política, enquanto o polêmico Cristiano usa uma via completamente perigosa e destemida, enfrentando – por assim dizer – o sistema implantado e dando trabalho para concretização das ações de alguns.

Cristiano do Taxi.
Foto: Redes Sociais

“Não gosto de falsidade. Ou é 8 ou 80”, tem citado ele nas sessões da casa, e tem até mesmo aberto suas opiniões com relação aos colegas vereadores. Na sessão de ontem (08), foi perceptível entender que Cristiano desagradou-se com ação combinada em gabinete de um vereador e não cumprida em plenário.

Em diálogo comigo, Barbosa diz que não pretende agradar ninguém, nas que optará em fazer e falar a verdade e o correto, vai mais longe e diz que não concorda com erros da parte de nenhum dos poderes mandatários do município.

Cristiano tem algumas posturas que me deixa preocupado, não com os outros, mas com ele, pois quando se age assim, de pronto é limado, bloqueado e até mesmo colocado na cova dos leões, porém, se o edil for como Daniel sai ileso.

Em um do seus últimos registros, Cristiano deixou claro que tinha uma carta na manga, mas não deu detalhes, deixou o mistério no ar. Deixou-nos pensando o que será que esta estrategizando. Afinal, do modo que atua, embate e posiciona, ele deve não ter apenas cartas na manga, mas um tanque de guerra para detonar o sistema quando lhe for prejudicial.

A Cristiano eu vou desejando sorte, oriento a ele que cuide dos amigos, pois dos inimigos, no curso natural, Deus já organiza!

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo