PolíciaPolítica

Cachoeira: Operação cumpre mandados contra grupo que ameaçou prefeita

Fonte: Reprodução

O grupo criminoso suspeito de ameaçar a prefeita de Cachoeira no recôncavo baiano, Eliana Gonzaga de Jesus ou apenas Eliana (Republicanos), foi alvo de uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (2). Batizada de “Motriz”, esta segunda operação no âmbito do caso foi deflagrada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) com o objetivo de localizar os autores, na primeira operação, batizada como “Cidade Heroica”, dois traficantes foram presos e um terceiro comparsa morreu durante o confronto.

Toda a ação é liderada pela 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Santo Antônio de Jesus), que cumpre mandados de busca e apreensão em imóveis na cidade de Cachoeira no recôncavo baiano.

“Estamos com as equipes empenhadas na investigação das ameaças contra a prefeita. Nossa linha de apuração, inicialmente, aponta para a participação de traficantes”

Disse o titular da 4ª Coorpin, delegado Joaquim Souza.

AMEAÇAS E ASSASSINATOS:

A Prefeita Eliana relata que sofre ameaças desde o período eleitoral do ano passado, mas ressalta que a situação piorou quando ela venceu a eleição. A chefe do poder executivo municipal conta que dois de seus apoiadores, com participação ativa na campanha, foram assassinados entre o final do último ano e março de 2021.

Com isso, ela ajudou outros aliados, que foram do município do Recôncavo para a Região Metropolitana de Salvador (RMS), na tentativa de se proteger de eventuais atentados. Ela própria passou a contar com suporte de segurança da SSP-BA

Fonte: Bahia Notícias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo