Notícias

Mulher que perdeu bebê ao ser baleada em operação da PM passa por nova cirurgia e está em coma; policiais foram ouvidos

Ação policial aconteceu na comunidade Mariango, na tarde de segunda (17). Nesta quarta (19), ela segue internada em estado grave no Hospital do Subúrbio.

A mulher de 26 anos baleada em uma operação da Polícia Militar no bairro de São Tomé de Paripe, em Salvador, foi submetida a um novo procedimento cirúrgico. Jussileni Santana Juriti estava grávida de sete meses quando foi vítima do disparo e perdeu o bebê. Ao G1, o marido dela, Ângelo Esquivel, informou que a esposa está internada no Hospital do Subúrbio há quatro dias e está em coma induzido.

Segundo a reportagem, apesar de grave, o estado de saúde dela é estável. O corpo do bebê, nomeado Alan, foi sepultado pela família na quinta-feira (20).

Nesta sexta (21), a Polícia Civil informou que PMs envolvidos na ação e testemunhas já foram ouvidos. O G1 ressalta que a polícia detalhou o depoimento dos PMs. Jussileni levou três tiros. No momento em que foi baleada, ela estava na porta de casa brincando com os outros filhos e conversando com a vizinha. O filho mais novo do casal, de dois anos, estava no colo da mãe e ficou sujo com o sangue. A criança não teve ferimentos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo