Notícias

Homem é preso em flagrante pela suspeita de torturar filho em Salvador; bebê de 1 anos morreu após paradas cardíacas

Polícia também suspeita que bebê tenha sido estuprado e caso é investigado. Vítima tinha hematomas em várias partes do corpo, lesões na cabeça, pênis e perna.

Um homem foi preso em flagrante pela suspeita de torturar o próprio filho, um bebê de 1 ano e 6 meses, em Salvador. A criança morreu após sofrer várias paradas cardíacas. A prisão aconteceu na quarta-feira (19) e foi divulgada pela polícia nesta quinta (20).

A polícia, que também investiga se a criança foi estuprada, detalhou que o suspeito levou o bebê para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), sob a alegação de que ele teria se afogado em um balde.

Depois de perceber que a vítima tinha vários hematomas e lesões na cabeça, pênis e perna, os médicos transferiram a criança para o Hospital Geral do Estado (HGE). No hospital, o bebê não resistiu aos ferimentos.

O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A mãe da criança contou aos policiais que o bebê estava sob a responsabilidade do pai enquanto ela trabalhava.

O homem foi encontrado e preso por policiais da Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra Criança e ao Adolescente (Dercca). Ele foi detido por tortura qualificada. A polícia investiga ainda se ele causou a morte e estuprou o bebê.

O corpo da vítima será periciado. Se o crime de abuso sexual ficar comprovado, além da autoria do suspeito no caso, ele também deverá responder por homicídio e estupro de vulnerável. Ainda não há detalhes sobre o sepultamento da vítima. Fonte (G1).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo