Notícias

Filha do músico Canindé morre vítima de Covid-19, aos 22 anos, em Jacobina

A jovem Clara Mascarenhas, 22 anos, filha do músico Canindé, morreu, nesse domingo, 16, vítima da Covid-19, no Hospital Regional Vicentina Goulart, em Jacobina. Ela fazia graduação em Música, na Universidade Federal da Bahia (UFBA), e integrava o Grupo de Violoncelos da instituição.

Clara Mascarenhas fez participação no DVD gravado pelo pai em 2020, tocando violoncelo. A direção da Escola de Música a definiu como “talentosa musicista, dona de uma simpatia enorme e de uma personalidade acolhedora”.

Em nota, a gestão municipal manifestou pesar e solidariedade aos familiares e amigos da jovem. “A Prefeitura de Jacobina, em nome do prefeito Tiago Dias e da vice-prefeita Kátia da Saúde, manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de Clara Mascarenhas, aos 22 anos. Clara é filha de Canindé, um dos artistas mais proeminentes da nossa terra, e foi uma jovem alegre, ativa nas redes sociais e que tinha um futuro brilhante pela frente. Infelizmente, Clara foi mais uma vítima da Covid-19”, diz trecho da nota.

A mãe de Clara, a empresária Luciana Mascarenhas, também contraiu a doença, mas recebeu alta na segunda-feira passada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo