Notícias

Filha adolescente de PM morto a tiros na BA é apreendida suspeita de ser mandante do crime

Namorado da menina foi preso em flagrante. Segundo delegado Paulo Jason Mello, menina teria aberto a porta de casa, para autor do crime entrar, e mostrou onde estava pistola do PM, que foi usada no homicídio.

Uma adolescente de 15 anos, filha do sargento da reserva da PM que foi morto a tiros no domingo (9), no município de Tucano, a 270 quilômetros de Salvador, foi apreendida no mesmo dia do crime, e é apontada pela polícia como mandante do crime.

O PM da reserva, Pedro Xisto Oliveira de Souza, foi assassinado dentro de casa, na Rua Ribeira do Pombal, Centro, Distrito de Caldas do Jorro.

O companheiro da adolescente, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante, também por suspeita de envolvimento no crime. A Polícia Civil não divulgou a motivação para o assassinato do PM.

Segundo o coordenador da 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Euclides da Cunha), delegado Paulo Jason Mello, o crime teria sido executado por um homem que está sendo procurado pelas equipes.

Ele disse ainda que o namorado da adolescente contou detalhes de como ocorreu a morte do sargento. Segundo ele, o autor entrou na casa, pegou a arma que pertencia ao PM e atirou nele. A quantidade de tiros, no entanto, não detalhada.

O namorado disse ainda que foi a adolescente que teria aberto a porta para que o autor do crime entrasse na residência e, além disso, mostrou onde a pistola estaria guardada.

A polícia informou que a adolescente será encaminhada ao Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), para que sejam tomadas as medidas pertinentes. O namorado dela está à disposição da Vara Criminal.

A equipe da unidade expediu as guias periciais e está apurando a motivação do crime. Fonte: G1.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo