Notícias

Mãe de Henry trocou duas vezes de roupa e fez selfie em espelho antes de depoimento

Foto: Reprodução.

A mãe do menino Henry Borel, 4 anos, Monique Medeiros, trocou ao menos duas vezes de roupa até definir a combinação que usaria para prestar depoimento no inquérito que apura a morte do filho, que foi vítima de agressões.

Fotos resgatadas do aparelho celular dela, apreendido há duas semanas, mostram que a professora experimentou um macacão preto, posou em frente ao espelho, e, depois de consultar um advogado, decidiu ir com um conjunto social branco.

Monique e o vereador Dr. Jairinho (sem partido) foram presos nesta quinta-feira (8) e vão responder pelas acusações de homicídio duplamente qualificado e tortura. Após sair da delegacia, o casal foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML), no Centro.

Pessoas que acompanhavam a cena xingaram os suspeitos e os chamaram de “assassinos”. Um homem mais exaltado chegou a furar o bloqueio da polícia e deu um tapa no vereador. Também nesta quinta, os dois prestaram depoimento na delegacia, que durou mais de cinco horas.

Para a Polícia Civil, a defesa dos suspeitos reafirmou, no entanto, a versão de que a morte de Henry foi acidental. O advogado do casal, André França, disse que tomará todas as medidas cabíveis para recorrer das prisões.

Fonte: BNews

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo