Política

“Tire 5 mil do meu salário”, diz vereador em votação de projeto para ONGs

Resposta foi dada após vereador indicar retirada de 1 mil reais de proventos

Após o susto vivido pelos vereadores pela presença de um homem armado em plenário nesta terça (30), outra polêmica pairou na Câmara de Vereadores de Valença, no Baixo Sul da Bahia.

O vereador Reginaldo Araújo (PL), ao votar o projeto de lei 06/2021 que autorizava o poder executivo a conceder subvenção social às Entidades de Assistência Social e educacional polemizou a não concordar com continuidade de recursos para associações que não prestaram conta a prefeitura, após recebimento de verba do erário. “Quem esta dizendo não sou eu. Mas sim a secretária Zenaide Negrão, que a Aprobatec (Associação de Pequenos Produtores Rurais do Baixão Tremedal Cariri) não enviou prestação de contas do dinheiro que recebeu”, pontou.

Araújo ainda discordou que a associação seguisse na lista de recebedores de verba, mas o vereador Ryan Costa (PL) defendeu a permanência.

AMA
O vereador Cássio Pereira – o Cássio da Pesca (PSB), pediu que fosse retirado o valor de 1 mil reais de cada vereador para complemento de instituições beneficiadas com poucos recursos.

“Tire 5 mil do meu salário”, bradou Reginaldo Araújo, acatando a ideia de Cássio e rechaçando a ação dos outros edis que votaram contra a diminuição de repasse para outras entidades para que houvesse a inserção de R$10 mil a mais nos cofres da Associação de Pais e Amigos de Autistas de Valença – AMA.

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo