Notícias

Presos são vacinados contra covid antes de grupos prioritários

Foto: Reprodução.

Aproximadamente 200 detentos da Penitenciária Dr. Danilo Pinheiro, em Sorocaba (SP), foram vacinados contra a covid-19, parte deles estava fora do cronograma de imunização divulgado pelo governo do estado.

O caso veio a público após denúncia anônima feita ao Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo). A entidade explica que cerca de 150 presos no regime fechado e outros 50 do semiaberto, na faixa etária entre 60 e 80 anos receberam doses da vacina no último sábado (20).

A SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) e a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Sorocaba confirmaram que houve a vacinação. A prefeitura alegou que a decisão de vacinar os detentos foi para evitar perdas técnicas de doses.

A gestão municipal explicou que ela cedeu as doses da vacina para a SAP e que profissionais da penitenciária ficaram responsáveis por fazer a imunização dos detentos.

A SAP, por sua vez, confirmou que houve vacinação de idosos fora da faixa etária prioritária e justificou que foi para evitar perdas técnicas. Segundo a secretaria, houve sobra de vacina nos frascos. O órgão alegou que a vida útil é de poucas horas, o que poderia inutilizar as doses, caso houvesse devolução para a prefeitura. Por isso, a opção foi de vacinar seguindo a faixa etária em ordem decrescente quando se encerraram os detentos na idade prioritária. Fonte: UOL

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo