Saúde

Primeira vacinada contra o coronavírus na Bahia, enfermeira de 53 anos é internada no Couto Maia

Foto: Reprodução.

A enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, 53 anos, que foi a primeira pessoa a ser vacinada na Bahia contra o novo coronavírus, está internada no hospital Couto Maia por complicações da doença.

Conforme a diretora da unidade de saúde, Ceuci Nunes, a profissional começou a manifestar os sintomas da doença três dias antes de receber a segunda dose do imunizante. Segundo a infectologista, o caso não tem relação alguma com reações adversas ao medicamento.

“Isso não é uma coisa excepcional. A gente sabe que a vacina tem uma proposta de duas doses e a proteção maior vai ocorrer cerca de 20 dias após a aplicação da segunda. Três dias antes da Maria Angélica receber a última dose, ela se sentiu mal. Ela ainda não estava protegida porque a primeira dose, sozinha, não protege. Ela adquiriu o vírus e desenvolveu a doença”, explicou Nunes.

Ceuci enfatizou ainda que as vacinas que estão sendo utilizadas são comprovadamente eficazes para evitar casos graves da doença, mas que ainda não há comprovação de que possam evitar que os pacientes contraiam o vírus.

“Nenhuma das vacinas que estão sendo utilizadas são de vírus atenuados, um vírus enfraquecido. Elas são de partículas virais ou de vírus morto. Ou seja, não tem a capacidade de transmitir a doença”, ressaltou.

A médica enfatizou por fim que a recomendação é que a população continue segundo as recomendações de distanciamento social, uso de máscara, inclusive as que já foram vacinadas, até que pelo menos 60% dos brasileiros tenham sido imunizados.

Fonte: Aratu On

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo