Notícias

Demitido por usar avião da FAB ganha novo cargo na secretaria-geral da Presidência

Foto: Reprodução.

Demitido em janeiro de 2020 por ter usado um avião da Força Aérea Brasileira para viajar até a Índia, o ex-secretário-adjunto da Casa Civil, Vicente Santini, vai ter novamente um cargo no governo Bolsonaro.

Um ano após a situação que irritou o presidente, Santini agora é secretário-executivo da Secretaria-Geral da Presidência. A sua nomeação já foi publicada no Diário Oficial da União.

O CASO

Em janeiro do ano passado, Santini viajou em um avião da FAB para a Índia, ao invés de se unir à comitiva onde estava, inclusive, o presidente Jair Bolsonaro. Naquela ocasião, Santini estava como ministro interino da Casa Civil.

Bolsanaro não gostou de saber da viagem, já que até mesmo ministros com prestígio no governo, como Paulo Guedes, muitas vezes opta por voar em aviões comerciais e reduz a equipe de assessores para diminuir os custos.

Por estar no lugar do ministro Onyx Lorenzoni, Santini tinha o direito de utilizar o avião da FAB, mas o ato foi visto como imoral não apenas por membros do governo mas pela opinião pública.

Fonte: BNews

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo