Pimenta com veneno

Lorena Mercês: Uma fiscal no próprio governo?

Que é o sonho de Lorena Mercês ser prefeita de Valença, isso já ficou claro! Que também a moça “dá trabalho” quando quer, isso foi bastante apresentável durante suas fiscalizações nas ações do governo de Ricardo Moura.

Mas agora será a vez de atuar, ser fiscalizada e mostrar que sabe! Como se sairá Lorena Mercês? Nos bastidores a informação é que a pacificação na equipe que esta sendo montada por ela e Jairo Baptista (PP) com a observação de Cláudio Queiroz (Republicanos) é a melhor possível, com isso a pedagoga e mestranda na área de Educação estaria blindada no tangente a realização de projetos na área.

Lorena durante cerimônia de apresentação de secretários.
Foto: Wellingthon Anunpciação / Agência Abrange

Lorena terá um grande desafio quando a pandemia passar: Retorno de aulas presenciais, reorganização da rede, diálogo com a classe educacional docente e discente e interlocução direta com a APLB para não inchar ainda mais a folha. Como se não bastasse o desafio da secretária será deixar a educação ser um espaço atraente para combater o êxodo das unidades escolares.

A ex-vereadora, daqui a algumas horas, sempre pediu merenda escolar de qualidade e deverá ser uma cobradora do prefeito, ao setor de licitação e até mesmo as próprias diretoras. Há quem narre que Lorena pensa em ficar fora do gabinete fiscalizando das ações dos diretores até a realização de aferição de qualidade por parte dos pais de alunos. Vai sentir dores de cabeça ao se linkar com o Setor de Tecnologia e Informação para criar o famoso banco de dados da educação e fornecimento online para pais e alunos dos relatórios de frequência até o boletim das unidades. Não inventei nada, foi tudo promessa de campanha e objetivo de prática do prefeito eleito Jairo Baptista.

Como se não bastasse a Pestalozzi vai logo ao encontro de Lorena na próxima semana pedir o que é de direito dos alunos especiais: a mudança de endereço do local atual que se encontra defasado e pequeno, apertado pra melhor dizer, já que os jovens precisarão viver as oficinais realistas proporcionadas pela instituição, além de dar um jeito para construir as novas sedes da Pestalozzi e AMA que Jairo lá no passado conseguiu terreno e agora não vai querer passar 48 meses dando desculpas né?

Lorena vai dar trabalho a quem quiser impedir seus projetos, projetos que na verdade são cumprimento de direitos, além de certamente bater de frente com educadores que não apresentarem compromisso. Habemus então uma secretária do povo? Que vai fiscalizar e desfazer dos descompromissados?

Saiam da frente, porque se ela for 70% do que se comparava na Câmara é melhor Jairo já começar dando a Mercês o pleno poder do Fundo Municipal da Educação, tesouro nunca gerido oficialmente por nenhum secretário, e aliás criado por Cláudio Queiroz.

É! O andor é de barro, a “Santa” não! Se quebrarem ela vai sair andando.

Wellingthon Anunpciação

Jornalista Especialista em Comunicação Política

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo